Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

#educação
Entidades e Administração Municipal de Mondaí plantam Flor repelente natural contra o Mosquito da Dengue

Publicado em 20/10/2021 às 13:55 - Atualizado em 20/10/2021 às 13:55

Entidades e Administração Municipal de Mondaí plantam Flor repelente natural contra o Mosquito da Dengue
Créditos: Divulgação Baixar Imagem

As entidades de Mondaí Lions e Leo Clube em parceria com a Escola de Ensino Fundamental Gessy Spier Averbeck (com os alunos das turmas do 3º ano) e com o apoio da Administração Municipal e Secretaria da Educação iniciaram no mês de setembro o projeto de plantio de sementes da Flor Crotalária, que é opção natural de repelente contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Zika vírus e Febre Chikungunya.

A Crotalária é uma planta geralmente usada como adubo verde em plantações e também no controle de pragas.

As professoras Danieli Pavinato, Kátia Schmeier, Cristiane Araújo e Roselice de Oliveira explicam que a flor possui uma coloração amarela e exala um odor que atrai as libélulas, que são predadores naturais do mosquito Aedes aegypti. Ela pode ser plantada em vasos ou jardins e é uma grande aliada no combate ao mosquito.

O Prefeito Municipal Valdir Rubert destaca que a ação é muito importante. É uma ação que irá complementar os cuidados para evitar a proliferação do Mosquito. “Nossa administração através das vigilâncias sanitária e epidemiológica têm trabalhado constantemente no combate a esse vetor, através de mutirões de limpezas na cidade e atividades de orientações aos cidadãos, porém a colaboração de toda a população é a peça chave para combatermos o Aedes Aegypti”, frisa.

A Secretária de Educação e Cultura Sandra Regina Callai Schuh define a ação como louvável. Ela destaca que o plantio da flor antes da chegada do verão é uma ótima opção para auxiliar no combate ao mosquito.

As professoras explicam ainda que a Crotalária é de porte médio e tem um ciclo bastante rápido, ou seja, as sementes levam de três a quatro meses para florescer. É de fácil adaptação e não necessita de muitos cuidados, basta plantar a semente em uma terra úmida para ela florescer.

Além do plantio na escola e no cemitério do município, as sementes da variedade também foram distribuídas aos alunos do terceiro ano.

 

Jornalista Tamara Melo

Assessora de Comunicação/Município de Mondaí